Nota de pesar e indignação | Luto por Chiquinho

0

Um policial penal que não se acovardou durante a luta contra o Coronavírus dentro do Sistema Penitenciário do Distrito Federal sucumbiu hoje. Partiu sem que tenham lhe garantido dignidade. Faleceu num leito de hospital, despojado ao lado de um preso que padecia do mesmo mal.

Nem à beira da morte recebeu o reconhecimento por sua bravura. Morreu abandonado pelo Estado a quem dedicou sua vida e vivacidade.

FRANCISCO PIRES DE SOUZA, irmão lotado na Penitenciária do Distrito Federal 1 (PDF1), foi obrigado a nos deixar ainda muito jovem, com apenas 45 anos, vítima do descaso que sempre esfacelou a nossa categoria.

Em meio a tanta dor, o Sindpen quer saber: QUANTOS DE NÓS PRECISARÃO MORRER PARA QUE SE IMPORTEM?

Francisco faleceu sem que o secretário-adjunto de Assistência à Saúde do DF, Ricardo Tavares, cumprisse o acordado na reunião com o sindicato, no último dia 6 de maio. Ficou determinado que seria garantido aos policiais penais, em caso de internação, espaços físicos distintos daqueles onde estejam pessoas presas, mas isso não ocorreu.

A despedida

A categoria se despedirá do Chiquinho em dois momentos. Logo mais, às 16h deste domingo (17), quando o cortejo fúnebre sairá do HRAN ao cemitério para o sepultamento, que está marcado para 17h. E amanhã, segunda-feira (18), às 10h, o Sindpen convoca toda a categoria para ato público, com concentração no estacionamento do Mané Garrincha, saindo em carreata até o Palácio do Buriti.

Vamos nos despedir do amigo, irmão, companheiro, nesses dois momentos, honrando sua memória e garantindo que ele não tenha partido em vão.

Contamos com a participação de todos pois, essa dor não é só dos familiares, é de cada um de nós.

Paulo Rogério
Presidente do Sindpen

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Faça seu comentário, deixe sua impressão. Essa inteiração é muito importante para nós!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta instituição.

EnglishPortugueseSpanish
Skip to content