Posto da Sesipe na Rodoviária leva nome do agente Henrique Honda

0

Na manhã desta quinta-feira (13), a Subsecretaria do Sistema Penitenciário do Distrito Federal (Sesipe-DF)  inaugurou seu posto de atendimento na unidade do Na Hora, na Rodoviária do Plano Piloto. O espaço ganhou o nome de Henrique Honda, agente de atividades penitenciárias morto durante um assalto em 2015. Honda foi um dos idealizadores do Sistema Integrado de Administração Penitenciária (Siapen), que proporcionou a expansão do atendimento aos visitantes nas unidades prisionais.

Presente à solenidade, Ulisses Ferreira Bispo, pai do agepen homenageado, recebeu uma placa das mãos do secretário-adjunto da Secretaria de Segurança Pública (SSP), Alessandro Moretti, com as seguintes inscrições: “Um guerreiro pode tombar na batalha, mas viverá para sempre no coração de seus irmãos de guerra”. Bispo considerou a homenagem muito justa.

Pai de Honda recebe das mãos do secretário-adjunto da SSP uma placa em homenagem ao filho

“Eu me emociono quando ouço falarem de meu filho e reconhecerem o trabalho que ele desempenhou no Sistema Penitenciário. Ao lado dele tinha muita gente valorosa, com boas ideias para somar, e esse posto de atendimento é o resultado disso. Essa homenagem póstuma me deixa muito contente”, disse.

Para o presidente do Sindpen, Paulo Rogério, que participou do ato, essa inauguração chama a uma importante reflexão:

“Todos nós que reconhecemos o quanto o Sistema Penitenciário do DF evoluiu por conta das ideias do Honda. Por causa dele, os familiares daqueles que o assassinaram não precisam mais dormir no relento, na fila, para garantir a visita. A mãe de quem fez os disparos que ceifaram a vida do filho do seu Ulisses, não precisa dormir no chão, para esperar uma senha e poder visitar o filho na cadeia”.

Melhoria no atendimento

O novo posto da Sesipe no Na Hora da Rodoviária do Plano Piloto oferecerá dois serviços à população. O primeiro é o agendamento de visitas de parentes a detentos do Sistema Penitenciário do Distrito Federal. O Outro, o atendimento a advogados para a validação de cadastro de entradas nas unidades prisionais.

A projeção é que a unidade recém-inaugurada dobre o número de atendimentos que, até então, são realizados apenas no Na Hora do Riacho Fundo I, onde, apenas de janeiro a maio de 2019, foram atendidas 13.162 pessoas. Com a inauguração, a Sesipe e a Sejus pretendem elevar de 32.600 para 65.200 atendimentos ao ano.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Faça seu comentário, deixe sua impressão. Essa inteiração é muito importante para nós!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta instituição.

EnglishPortugueseSpanish
Skip to content