Sindpen-DF realiza assembleias e aprova pautas importantes para a categoria

0

O Sindicato dos Policias Penais do Distrito Federal (Sindpen-DF) realizou, nesta terça-feira (1º), assembleias ordinária e extraordinária para debater e decidir acerca de pautas que há anos se arrastavam e nunca houve uma resolutiva para atender os anseios da categoria.

Dentre as pautas votadas na assembleia, destaca-se a aprovação por maioria absoluta dos presentes, sobre concurso de remoção e remanejamento geral, realizado uma única vez, a fim de disponibilizar a oportunidade de preenchimento de vagas dentro da estrutura orgânica da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária do Distrito Federal. Após isso, será realizado anualmente e sempre que houver concurso público para preenchimento de vagas na carreira.

Outro ponto decidido pela categoria foi sobre o Serviço Voluntário Gratificado (SVG), se seria realizado somente na unidade de lotação dos policiais penais ou continuaria aberto a marcação em todas as unidades. Na votação, os policiais rejeitaram, por maioria absoluta, a sugestão de o SVG ficar restrito à unidade de lotação do policial, decidindo que a marcação continue aberta para todas as unidades. Dessa forma, os policiais entendem que o serviço será realizado independentemente do local, atendendo assim o interesse da administração pública.

Ainda durante a assembleia, a categoria recebeu informações sobre a renovação do contrato com o plano de saúde, cogestão e seguro de vida dos sindicalizados.

Já na prestação de contas, foram exibidos os balancetes financeiros relativos ao período de abril a dezembro de 2019, bem como os livros diários que estão disponíveis na sede do sindicato para conferência dos sindicalizados. Foi informado também sobre a aquisição da sede própria do sindicato, comprada pela atual direção. Ao final, após ter lido o parecer do Conselho Fiscal, o presidente do Sindpen-DF, Paulo Rogério, submeteu à assembleia, que aprovou as contas do período citado por unanimidade dos presentes.

Nomenclatura

Já na assembleia extraordinária, a pauta tratada foi sobre as alterações no Estatuto Social da entidade, como a nomenclatura do Sindicato dos Técnicos Penitenciários do Distrito Federal (SINDPEN-DF) para Sindicato dos Policiais Penais do Distrito Federal (SINDPOL-DF). Além disso, deliberaram a respeito da redução do mandato da atual diretoria, que se encerrará em 31 de dezembro 2021 e não em 31 de março de 2022, a fim de ajustar a prestação de contas anuais; criação da Diretoria da Mulher; criação da assembleia permanente e setorial e delegados sindicais escolhidos pelo sindicato e aprovada em assembleia. Colocadas em votação, todas as propostas foram aprovadas por unanimidade.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Faça seu comentário, deixe sua impressão. Essa inteiração é muito importante para nós!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta instituição.

EnglishPortugueseSpanish
Skip to content